NOTÍCIAS

Steph Kokorelis brilha no segundo dia do Sintra Portugal Pro

 

steph 2 

 

No segundo dia de Sintra Portugal Pro (até 1 de Setembro, na Praia Grande), com a conclusão do quarto round do GQS (etapa do circuito mundial de qualificação), e a entrada de todas as vedetas da competição masculina, como os campeões mundiais Jeff Hubbard e    Pierre Louis Costes, quem brilhou foi um português de 15 anos: Stephanos Kokorelis.

Filho de pai grego e mãe portuguesa que se conheceram enquanto estudantes no Canadá, Steph, como é conhecido entre os amigos na praia de Carcavelos, é desde há algum tempo apontado como uma das mais brilhantes promessas do bodyboard nacional e hoje confirmou-o com uma exibição incrível que o levou a passar a quarta ronda batendo o ex-campeão mundial Pierre Louis Costes, com um score 14,85 contra 14,10 do francês.

Nesta sua primeira participação de sempre no Sintra Portugal Pro, Steph não esconde o deslumbramento:

"Sinceramente, nunca pensei que chegasse tão longe. Quando vi no meu primeiro heat que tinha de competir com o Tó Cardoso e o Diego Cabrera... Mas passei e depois, no heat com o Pierre, foi uma questão de entrar com tudo, arriscar tudo, oito ou oitenta!"

E Steph arriscou e ganhou, começando a bateria com um backflip, uma das manobras mais acrobáticas do bodyboard e não desarmando até final. Pierre, o campeão em título do Sintra Portugal Pro está a recuperar de uma fractura nas costelas mas mostrou a categoria habitual e passou o heat mas não sem dar a vitória ao miúdo de Carcavelos.

De resto, uma jornada com algumas surpresas, como a eliminação de Dave Hubbard, um dos favoritos à vitória.

Quanto aos portugueses, Rui Pereira, melhor português no GQS não passou ao terceiro dia, assim como Miguel Adão, Hugo Pinheiro, Jaime Jesus, Dino Carmo e João Pinheiro. Prosseguem em prova, Bernardo Jerónimo, Nicolas Rosner, Manuel Centeno e Rodrigo Rijo, que vão competir nos oitavos de final.

Foi também o primeiro dia da competição feminina, com a luso-germânica Joana Schenker a brilhar e a passar com distinção para o dia seguinte. Menos sorte para a madeirense Carina Carvalho. Restam ainda as portuguesas Marta Leitão, Madalena Pereira e Catarina Sousa, que por força do seu "seeding" ainda não entraram em prova.

Na prova de Drop Knee que também hoje fez o seu arranque, Nicolas Rosner passou em frente, enquanto Nuno Paulino e Tiago Pimentão ficaram pelo caminho. Renato Paço, no Drop Knee, fará a sua entrada apenas na segunda ronda.

Check in amanhã às 8h30 para o terceiro dia de Sintra Portugal Pro 2013