NOTÍCIAS

Manuel Centeno e Catarina Sousa caem ao quinto dia e levam esperanças nacionais com eles

cat ed

 

 

E no quinto dia do Sintra Portugal Pro, etapa do circuito Mundial IBA que decorre até amanhã na Praia Grande, os últimos portugueses em prova foram eliminados.


Manuel Centeno caiu às mãos do jovem prodígio sul-africano Tristan Roberts, e Catarina Sousa foi eliminada pela japonesa Sari Ohara, ambos nos quartos-de- final da competição.

 

Recordamos que Manuel Centeno e Catarina Sousa foram, curiosamente, os únicos portugueses a inscrever o nome no quadro de honra da competição, vencendo na Praia Grande em 2003 e 2009, respectivamente.

 

"Ter um nono lugar nesta prova nunca seria um bom resultado, e um quinto acaba por o ser, mas fico com a sensação que podia ter ido mais longe. Sinceramente, saí da água com vontade de partir qualquer coisa...", desabafou Manuel Centeno.

 

"Sabia que tinha de ter um score alto para ganhar a este miúdo sul- africano, daí não fazia sentido estar a desperdiçar energia a fazer ondas a torto e a direito. Tinha estado a observar os heats anteriores e sabia o que precisava para bater o Tristan, que ainda não fez um heat abaixo de 15 pontos. Infelizmente, ele conseguiu apanhar uma boa direita e quando fiz um 7 ele fez um 8 e nunca mais o consegui apanhar", resume Manuel Centeno.

 

Entretanto, Catarina Sousa, aos 36 anos, assume que esta derrota frente à japonesa Sari Ohara pode muito bem ter acabado com a sua carreira internacional:

 

"Nestas condições era muito difícil. Mas estava igual para as duas, por isso, não vou usar as ondas como desculpa. Sei apenas que precisava de chegar ao pódio para conseguir ir à etapa no Brasil. Infelizmente, dependia deste prize money para poder pagar essa deslocação e assim torna-se impossível."