NOTÍCIAS

Trio de damas luta pelo Mundial no Sintra Portugal Pro

12033082 1646421195574620 387961510496836708 n

 

Alexandra Rinder, Neymara Carvalho e Isabela Sousa. Três campeãs do Mundo na luta pelo título de 2015. Alexandra Rinder, das Canárias, a mais nova das três, com 17 anos, tornou-se a campeã mais jovem de sempre, o ano passado, na Praia Grande e este ano chega às ondas da praia sintrense como a líder do “ranking” APB e a única com hipótese de revalidar o título já na etapa portuguesa. Para isso tem de vencer o evento e esperar um deslize das rivais na corrida: as brasileiras Neymara Carvalho e Isabela Sousa, segunda e terceira do “ranking”, respectivamente.

Alexandra, campeã em título, assume o conforto do estatuto e de mais um ano de experiência para contrapor aos nervos do ano passado:

“É diferente. O ano passado foi difícil controlar-me. Este ano, estou mais calma, mais segura. Sei que as coisas podem correr a meu favor, ou não, mas que tenho margem para errar. Vou surfar o meu melhor e ver o que acontece.”

Neymara Carvalho, a lenda do bodyboard brasileiro, seis vezes campeã mundial regressa ao circuito, aos 39 anos, depois de um interregno de um ano em que tentou a carreira política. Felizmente para os adeptos do bodyboard, Neymara não foi eleita para deputada estadual.

“Estou de volta ao que sei fazer”, admite com um encolher de ombros e um sorriso, acrescentando acerca do regresso:

“Este ano venho para competir e ver o que consigo fazer. Felizmente, estou nos lugares de topo novamente mas este ano estou concentrada em voltar a competir. Para o ano, então, será a cem por cento.”

Isabela Sousa, de 25 anos, chega a Sintra motivadíssima para conquistar um quarto título mundial para juntar ao seu palmarés.

“Estou em Sintra como em qualquer outro evento: para vencer. Este ano ainda mais empenhada pois estou na luta pelo título mundial”, assume.

O facto de ter a lenda Neymara Carvalho como rival na corrida torna as coisas ainda mais interessantes para a talentosa brasileira, que traça um paralelo curioso entre si e as outras duas candidatas:

“Eu fui para a Neymara o que a Alexandra é para mim. Eu fui a garota que surgiu para lutar pelo título como a Alexandra agora apareceu na cena Mundial. E isso é muito bacana para o desporto.”

Primeira marcado por condições difíceis

Entretanto, o primeiro dia do 20º Sintra Portugal Pro teve na água a primeira ronda open e a primeira ronda do pro júnior, com a organização a decidir por uma primeira jornada mais curta apostando em melhores condições para o período de competição que, recorde-se, termina domingo, 27.